Museu Infinito: Joaquim de Vasconcelos (1849-1936) e o Museu Industrial e Comercial do Porto

Fig44_JVasconcelos-(2)

O Museu do Design e da Moda vai promover a exposição “Vocação Infinita” com a Curadoria a cargo da Professora Doutora Sandra Leandro. “Vocação Infinita” tem como objectivo traduzir o empenho que Joaquim de Vasconcelos (1849-1936), historiador e crítico de arte, colocou na criação e no desenvolvimento do Museu Industrial e Comercial do Porto, constituído por Decreto em 1883 e inaugurado em 1886. Esta exposição evoca  a partir de desenhos e textos do próprio Joaquim de Vasconcelos, o primeiro museu dedicado às artes industriais e industrias caseiras, que hoje designaríamos por artes populares existente em Portugal, na tradição dos grandes museus inaugurados no seguimento da Revolução Industrial, um pouco por toda a Europa.

O Museu Industrial e Comercial do Porto dedicava uma zona aos produtos da Fábrica de Loiça de Sacavém e esta exposição vai recordar esse facto através da mostra de peças produzidas no século dezanove. A Associação dos Amigos da Loiça de Sacavém vai colaborar através de peças cedidas pelos associados Miguel Calado, Francisco França Martins, Hector Castro e José Carlos / Luisa Roseiro.

A exposição é inaugurada a 15 de janeiro de 2016 e terminará em março de 2016.

A imagem representa a reconstituição volumétrica do Museu Industrial e Comercial do Porto. Reconstituição dos arquitectos Paula Jardim e André Maranha.